Avalie esse destino:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até agora, vote!)
Loading...

Booking

Quer fazer ecoturismo de verdade? Então o seu destino é o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira, mais conhecido como Petar, que fica no Vale da Ribeira, sul do estado de São Paulo, entre as cidades de Apiaí e Iporanga. O turismo em Petar é destino de muitas pessoas que querem conhecer as maravilhas da região todos os anos.

Turismo em Petar

Melhores Hotéis e Pousadas em Petar com Preços e Fotos

Dica: Use a pesquisa abaixo para encontrar os melhores Hotéis e Pousadas em Petar com o menor preço do momento. Vale a pena pesquisar!

Atualizado: Que sorte! Te daremos 15% de desconto se você pesquisar e fechar sua estadia hoje!

O local conta com mais de 300 cavernas, diversas cachoeiras, muitas trilhas, comunidades tradicionais, sítios arqueológicos, paleontológicos e está encravado entre vales e montanhas na maior parte de Mata Atlântica preservada do Brasil.

São aproximadamente 35 mil hectares de mata intacta que oferecem oportunidades de ver de pertinho inúmeras espécies de aves, de plantas, águas cristalinas e tudo mais ligado à natureza.

As cavernas são o ponto alto de Petar e estão todas divididas por quatro núcleos de visitação. O parque também é palco da prática de esportes radicais como bike, boia cross,  cascading, espeleo e rapel. Tudo isso são os atrativos para quem deseja fazer turismo em Petar.

Cavernas em Petar

Caverna Morro Preto Petar

As cavernas de Petar oferecem diversos níveis de desafios, desde aquelas bem fáceis para conhecer, onde há pontes, escadas e passarelas, até mesmo as mais complicadas, com rios gigantes, escaladas, possibilidade de mergulho e rapel.

Existem muitas cavernas em Petar, mas apenas 12 estão abertas ao público, divididas pelo Núcleo de Santana, Caboclos, Ouro Grosso e Morro Preto.

O primeiro núcleo é o mais visitado quando se trata de turismo em Petar. Ele conta com as cavernas de Santana, Morro Preto, do Couto, Água Suja e do Cafezal, todas de fácil acesso. Nesse local também estão as cachoeiras do Couto, das Andorinhas e do Betarzinho. O valor do ingresso é R$6,00.

O segundo núcleo é o mais isolado de Petar, em compensação, é o único que oferece em seu interior um camping e toda infraestrutura, como lavanderias, banheiros e sanitários.

A visita diária custa R$5,00 para acampar e R$7,00 para pernoitar. Nessa parte do parque, é possível visitar cavernas e cachoreiras, fazer caminhadas e ainda estacionar o carro.

O terceiro núcleo conta com a Caverna do Ouro Grosso, que é a mais difícil de ser visitada, e a Caverna do Alambari de Baixo. Já o quarto possui a Caverna Casa de Pedra, que tem o maior pórtico do mundo de aproximadamente 215 metros de altura. Só é possível dar uma olhada no pórtico dela.

Caverna Casa Pedra Petar Pórtico

Esportes radicais em Petar

Quem gosta de esportes radicais se encontra em Petar. Há diversos rapéis de mais de 130 metros de altura, dentro e fora de cavernas. Além disso, as tirolesas, a prática de boia cross, acqua ride, duck, rafting, bike, trekking, canyoing, espeleo e mergulhos dentro de cavernas fazem parte do roteiro de quem quer emoção pura.

Ainda que os visitantes que fazem turismo em Petar sejam experientes, sempre existe um monitor no local. Quanto ao mergulho em cavernas, só é permitida a prática para os profissionais.

Cachoeiras para quem fizer turismo em Petar

Quem gosta daquela água gelada de cachoeira deve ir imediatamente fazer turismo em Petar, porque no parque há mais de 20 delas. Os tamanhos variam bastante, sendo que algumas chegam a ter 50 metros de altura, excelentes para o cascading, rapel, para tirar fotos e ainda tomar aquele banho gelado.

Mas as cachoeiras de Petar não se limitam a essas, há ainda aquelas subterrâneas, encravadas no interior das cavernas, como por exemplo, a Cachoeira da Caverna da Água Suja, que é relativamente menor, mas muito chamativa para aquele banho em plena escuridão.

Cachoeira Andorinhas Queda Turismo Petar

Quilombos chamam atenção de quem faz turismo em Petar 

Quem fizer turismo em Petar deve saber que o Vale do Ribeira também é região de quilombos, comunidades caiçaras, índios Guarani, pescadores tradicionais e pequenos produtores rurais.

Dessa maneira, o turista não se depara apenas com a natureza exuberante, mas também com culturas bem diferentes da sua que abrigam pessoas que são capazes de não conhecer uma Coca-Cola, por exemplo.

Chegando ao local, o visitante participa de uma palestra a respeito da história e características das comunidades.

Hotéis e Pousadas em Petar

Como Petar fica entre duas cidades (Iporanga e Apiaí), o turista pode escolher onde deseja ficar.

Hotéis e Pousadas em Iporanga

  • Pousada da Diva – mais antiga e maior de todas, fácil acesso às cavernas
  • Pousada das Cavernas – mais sofisticada
  • Pousada Vale do Betary
  • Pousada Tatu
  • Pousada do Quiririm
  • Pousada Mata Atlântica
  • Pousada Rancho da Serra
  • Pousada do Abílio
  • Pousada Ouro Grosso
  • Pousada Casa de Pedra
  • Pousada Iporanga
  • Gamboa Eco Refúgio
  • Pousada Rancho Hanna
  • Pousada da Idati
  • Pousada da Tammy

Parque Petar Cachoeiras Cavernas

Hotéis e Pousadas em Apiaí

  • Burkner Hotel
  • Hotel e Restaurante Pilão
  • Hotel Pontes
  • Hotel São Francisco
  • Novo Hotel Apiaí ou Pousada dos Pássaros
  • Pousada Gonçalves

Avalie esse destino:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até agora, vote!)
Loading...