Avalie esse destino:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até agora, vote!)
Loading...

Booking

Quem tem espírito aventureiro sempre gosta de mudanças radicais. Muitos largam o trabalho, a família, os estudos e gastam todo o dinheiro que guardaram até então para dar a volta ao mundo. Visitam vários países e cidades, passam de seis meses a um ano viajando. Mas quanto custa para colocar a mochila nas costas e ir de país em país, dando a volta ao mundo? Embora este seja o sonho de muitos jovens, é preciso fazer as contas de quanto será gasto na viagem. É preciso planejamento e muita organização para ter dinheiro durante toda a viagem, sem faltar para as últimas semanas.

Dar a volta ao mundo é um plano que muitas vezes fica em segundo plano porque os estudos e emprego estável ficam à frente. Às vezes, o melhor período para viajar é também o momento em que a carreira está a ponto de deslanchar. E aí fica a dúvida: viajar ou trabalhar? Há viajantes que dizem que a melhor coisa é viajar, pois é algo que podem nunca mais ter a oportunidade de fazer depois. E na carreira sempre há novas possibilidades. Além de uma experiência no exterior sempre contar no currículo, é claro!

Melhores Quanto Custa dar uma Volta ao Mundo? com Preços e Fotos

Dica: Use a pesquisa abaixo para encontrar os melhores Quanto Custa dar uma Volta ao Mundo? com o menor preço do momento. Vale a pena pesquisar!

Atualizado: Que sorte! Te daremos 15% de desconto se você pesquisar e fechar sua estadia hoje!

volta ao mundo

Viagem em primeiro lugar

Há casais e duplas de amigos que decidem por dar a volta ao mundo em primeiro lugar. Eles vendem o carro, pedem demissão, trancam a faculdade e fazem as malas. Normalmente quem viaja dessa forma – para passar em vários países e cidades – precisa fazer um orçamento de gastos diários incluindo alimentação e hospedagem. O valor calculado para duas pessoas é em torno de 100 dólares por dia. Estando em dois, o valor da alimentação e da hospedagem em hostel – usada nesse tipo de viagem – fica mais barata.

Para uma viagem com duração de um ano, incluindo passagem, alimentação, hotel e outros gastos como entrada de locais turísticos, algum remédio, entre outras coisas, é preciso ter em mente que os gastos de um casal podem chegar a 100 mil reais.

Economizando para dar a volta ao mundo

Há aqueles que passam anos guardando dinheiro. Economizam o salário do mês e colocam na poupança para depois viajar. Há quem coloque o dinheiro para render ainda mais em ações da bolsa e também em fundos de ações. Mas há algo que é preciso deixar para trás: o trabalho. É normal ver pessoas com bons cargos deixando-os de lado para enfrentar seis meses de viagem. Há quem diga que dar uma volta ao mundo não tem preço e o esforço vale a pena. Conhecer 20 países, 100 cidades e dezenas de culturas e costumes diferentes são experiências que admitem a extravagância de largar o trabalho para viver a aventura.

Dar volta ao mundo

Para quem está decidido a dar a volta ao mundo é possível comprar passagens por preços baixos com as constantes promoções das empresas aéreas. Com essas facilidades é possível fazer isso pela internet, sem recorrer às agências. E, além disso, dá para parcelar e pagar toda a passagem antes mesmo da viagem. A modernidade é tanta que há empresas que oferecem aos viajantes pacotes que permitem o desembarque em 12 países num período de seis meses. O valor fica entre seis e oito mil reais.

Quem não quer se estender tanto na viagem pode conhecer até cinco países por cerca de seis mil reais também. Esses passes completos valem a pena, já que muitas passagem para apenas um país chega a custar 2 ou 3 mil reais, dependendo do local.

Visitar vários países

Pacotes completos são os queridinhos dos viajantes

A procura por esses pacotes completos é tanta que as empresas passaram a montar viagens temáticas, como conhecer as Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Na viagem, estão incluídos passes para o Brasil, Itália, Peru, México, China, Índia e Jordânia. Em todos esses países há uma das sete maravilhas: O Cristo Redentor, o Coliseu Romano, Machu Picchu, Taj Mahal, Chichen Itzá, Petra e a Muralha da China.

Todas as passagens, incluindo as taxas, ficam em torno de 10 mil reais. Normalmente os passes têm a validade de um ano e é possível marcar e remarcar as datas de acordo com a disponibilidade do viajante.

Avalie esse destino:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até agora, vote!)
Loading...