Avalie esse destino:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até agora, vote!)
Loading...

Booking

Conhecer as ilhas gregas, passear por Milão, dar uma volta na Itália, tirar uma foto em frente à Esfinge, mergulhar nas águas límpidas do Caribe. Talvez esse seja o sonho de muita gente, não é verdade? Mas e os gastos nessas viagens todas? Será que são poucos? Quanto custa dar uma volta ao mundo?

Volta ao Mundo

Melhores Volta ao Mundo – Preços, Passagens e Informações com Preços e Fotos

Dica: Use a pesquisa abaixo para encontrar os melhores Volta ao Mundo – Preços, Passagens e Informações com o menor preço do momento. Vale a pena pesquisar!

Atualizado: Que sorte! Te daremos 15% de desconto se você pesquisar e fechar sua estadia hoje!

Volta ao Mundo – Preços e Informações

Os mochileiros de plantão, aqueles que encaram tudo para viajar e conhecer de tudo um pouco, dividem os países em uma escala com quatro categorias, desde barato até muito caro. A classificação é deste jeito:

  • Classificação
  • Gastos por dia
  • Cheap (barato)
  • Entre U$20 e U$25
  • General (geral)
  • Entre U$25 e U$30
  • Expensive (caro)
  • Entre U$35 a U$45
  • Very expensive (muito caro)
  • Acima de U$45

É claro que os custos não são rígidos e totalmente dessa forma, leve em conta que há variações, mas de uma maneira geral essa pequena tabelinha ajuda bastante a ter uma ideia de quanto se gasta para dar uma volta ao mundo viajando.

Esses valores consideram a acomodação em hostels, compras de comida feitas em  supermercados e em barraquinhas nas ruas e uso de transporte público ou a pé. Sendo assim, se você não tem esse perfil de viajante, se gosta de ficar em hotéis mais luxuosos ou gastar em passeios mais custosos, provavelmente os gastos poderão ser bem maiores.

Volta ao MundoVolta ao Mundo – Valores

Se todos conseguem responder à pergunta de “Quanto custa dar a volta ao mundo” tendo como uma média de U$45 por dia, então isso seria mais ou menos U$1.350 em um mês, por exemplo. Hoje esses gastos seriam R$2.732. Ainda assim, é possível que tais valores variem bastante conforme o lugar escolhido.

O Sudeste Asiático, por exemplo, tem um custo de  U$1.000/mês, o que dá atualmente R$1.651. No caso da Austrália e Nova Zelândia, a média de gastos por mês já sobe mais um pouco, chega a U$2.500, sendo então R$5.271.

Todos esses valores são calculados conforme o dólar do país. O primeiro exemplo foi calculado com base no dólar americano, o segundo no de Cingapura e o terceiro e o quarto, no dólar australiano.

Quanto Custa as Passagens de Volta ao Mundo?

Fora todos esses custos mensais, ainda é preciso contar com o valor da passagem ou das passagens que serão gastas em cada lugar. Dessa forma, a média é de U$3.500 a U$5.000 para as passagens, além de cerca de U$500 para emissão de vistos e ainda U$500 com apetrechos necessários para toda e qualquer viagem, como roupas, mochilas e tudo o mais.

Dessa forma, é possível dar uma volta ao mundo em seis meses por cerca de U$13.000, se o passeio for realizado em países mais pobres.

Volta ao Mundo

Objetivos diminuem gastos

Mas será que é possível ainda diminuir mais esses gastos para dar uma volta ao mundo? Sim, é possível ainda melhorar essas contas, mas para isso é muito importante considerar o que cada viajante busca nos locais. Por exemplo, muitas pessoas gostam de viajar menos, conhecer menos países e curtir bastante os poucos que escolheu. Outras pessoas gostam de passear em cada lugar, tirar muitas fotos e curtir a quantidade. Desse jeito, antes de tentar saber quanto custa dar uma volta ao mundo, é importante ter em mente exatamente o objetivo da viagem.

Uma dica interessante de mochileiros é fazer um pequeno roteiro do que se pretende fazer nas viagens, mas sem aquela obrigação de ter de seguir tudo à risca, pois assim o viajante terá oportunidade de sair de um local para outro sem ter aquele peso na consciência e o pior de tudo: gastos excessivos. Por exemplo, imagine que vá a um lugar e não goste o suficiente. Ao invés de perder tempo tentando insistir ali, o melhor é ir para outro local planejado e tentar usufruir o máximo que for possível dentro do novo lugar.

Outra maneira interessante e que ajuda a diminuir gastos é buscar informações em sites especializados de albergues e redes sociais, pois só nessas as pessoas falam realmente o que acontece e daí podem surgir dicas de preços muito interessantes. Aproveite todas as fontes de informação e viaje sem gastar muito.

Avalie esse destino:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Nenhum voto até agora, vote!)
Loading...